quinta-feira, 9 de outubro de 2014

05 razões pelas quais você está fracassando em seu curso de inglês

Muita gente me escreve contar um pouco sobre as experiências traumáticas com o inglês, e acredite são muitas. É lamentável perceber que mais de 80% dos alunos fracassam em alcançar o nível mais básico da língua inglesa. Onde está a causa do “fracasso”? O que poderia ser feito diferente?
Neste artigo vamos descobrir as razões de sua falha.



1- Aluno não estuda entre as aulas:
sabemos que todos levam uma vida corrida, mas sabemos também que sem contato você não chegará a lugar nenhum. Costumo dizer que tudo o que você precisa para falar uma língua são 10 minutos diários. Sim, é verdade, 10 minutos diários vão te levar a fluência em pouco tempo.

2- Professores que falam apenas uma língua, ou apenas duas línguas: sim, é verdade, se seu professor é nativo e não fala outras línguas, ele não tem a menor ideia de como é aprender uma nova língua, ele vai te ensinar a língua dele como se fosse a coisa mais banal do mundo, e você vai se sentir um idiota por não estar aprendendo. É ele vai achar e te tratar como tal, pois ele não conhece de perto as dificuldades de se aprender um novo idioma.
Mas mesmo que seu professor seja Brasileiro e fluente (apenas) em inglês ele corre o risco de tratar o idioma com banalidade, pois ele se esqueceu de como se aprende, e das dificuldades de se aprender. Escolha professores poliglotas ou que estejam se esforçando para aprender uma nova língua.

3- Fuja de escolas franqueadas: franquias são maquinas de fazer dinheiro, e fabricas de fracasso linguístico. Há um grande mercado por trás das franquias e acredite não é um mercado educacional, é um mercado, na maioria das vezes, mercenário que não vê o aluno como um individuo, eles o veem como uma matricula e um digito a mais na conta bancaria. Franquias são editoras disfarçadas de escolas. Se você fosse a uma livraria você poderia escolher qual livro queria comprar e provavelmente não pagaria mais do que R$100,00 em um livro, mas as “escolas” franqueadas te obrigam a comprar  seu material por R$250,00, R$350,00 e até R$5000,00, ou seja, é uma editora com clientes “forçados” a pagar qualquer quantia. Na maioria das vezes quem produz os livros nunca entrou em uma sala de aula, e apenas conhece a teoria e não a prática, assim o material “perfeito” falha terrivelmente no ensino real, pois nunca foi testado, e quando foi testado, o teste foi feito em turmas perfeitas com alunos escolhidos.  As franquias tem um departamento operacional e um comercial muito mais bem treinados do que o pedagógico.  É treinam seus franqueados para vender e não para ensinar. 

3 – Não acredite em milagres: há uma infinidade de cursos que prometem Inglês em: 6 meses, 9 meses, 18 meses. A única coisa que eu posso te dizer sem medo de errar é que isso é GOLPE!!! Eu até conheço casos de pessoas que aprenderam uma língua rapidamente, mas não em um curso com um método fraco e com apenas duas horas semanais. Escolas sérias sabem que vivemos em um pais monolíngue e que milagres levam mais tempo.

4- Não estude com gramatica: se seu professor ou escola lhe apresentar um “livro texto” de 150 paginas e em seguida vier com um “livro de atividades” de 300 paginas e apenas um CD de áudio, cancele sua matricula imediatamente, pois você acabou de se matricular em um curso de pura gramática prometendo conversação por meio de exercícios de fixação. Uma língua não se aprende com “mão, lápis e papel”, uma língua SÓ se aprende com “ouvido, olhos e sobre tudo boca (língua).

5- Não tenha medo de fazer eventuais traduções mentais:  somos brasileiros e apenas falamos uma língua, é impossível, IMPOSSÍVEL pensar em inglês em estágios iniciais (A1, A2) e intermediários (B1). Tem professores, que dizem a seguinte frase: “para falar inglês você tem que pensar em inglês”, mas como pensar em algo que eu ainda não domino? Da próxima vez que você ouvir esta bobagem diga: “Ok, professor, pense em japonês e fale fluentemente comigo”. 90% das frases que formularmos em português terá uma correspondência para o inglês, apenas 10% realmente é um problema. Você acha justo sacrificar 90% por míseros 10%??

No próximo artigo mais 5 razões.
Quer conhecer um sistema que realmente funciona? Não é franquia é Licenciamento. Não é comercio é ensino de qualidade!
www.mellomethod.com



2 comentários:

  1. Sensacional o seu texto. concordo plenamente, até mesmo por ter passado por essas situações.

    Você conhece esse artigo? http://thewordbrain.com/

    Ele defende a linha de pensamento idêntica a sua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Juan Aguiar,
      Obrigado pela visita e comentário. Sim, eu ja li o livro citado, é muito bom.
      A pagina passará por algumas modificações em breve, assine para ficar informado.
      Jimmy

      Excluir